A famosa – “Bolha das tulipas”

Atualmente vivenciamos muitas crises nos mais variados setores e seguidamente ouvimos o termo “bolha”, porém esse termo é antigo, e quem assistiu ao filme Wall Street 2 já conhece a história da primeira “bolha” econômica que surgiu.

 

A famosa – “Bolhas das tulipas”

 

Ocorreu por volta de 1634-1637 na Holanda e foi a primeiro relato de euforia causada por especulação em um mercado. A flor Tulipa é originária da antiga Pérsia, uma região que atualmente pertence a Turquia, e foi levada para a Holanda no século XVI, onde iniciaram as pesquisas para obtenção de novas variedades. A flor era item raro e de grande cobiça, logo tida como símbolo de poder e riqueza. Isso fez com que no século XVII fossem comercializados bulbos de tulipa com valor unitário entre 1 mil a 3 mil dólares a preços de hoje. Esta quantia na época era suficiente para adquirir pelos menos duas casas completas.

Para gerir os fabulosos negócios envolvendo a tulipa, foi criada na Holanda a primeira bolsa de que se tem notícia. Sendo que em uma determinada época a respectiva flor chegou a atingir preços estratosféricos (foi o 1° boom de que se teve notícia). Muitos holandeses chegavam a vender tudo que possuíam para comprar os bulbos de tulipa importados da Turquia. Por um único bulbo de tulipa eram capazes de dar bens valiosos como toneladas de trigo e centeio, manadas de bois, ovelhas e pratarias. O caso mais absurdo que se tem conhecimento foi de alguém que trocou quase 5 hectares de terras por uma única flor.

Um certo dia porém, assim reza a lenda, um marinheiro embriagado comeu a tulipa do tipo mais caro que havia e, isso fez com que, a princípio todos ficassem estupefeitos para depois caírem em si e finalmente entenderem que o preço estava irracionalmente alto e que de fato, uma tulipa não poderia jamais ter um preço tão absurdamente alto. Um dos negociantes da época resolveu então vender tudo o que tinha, bulbos e raízes, no que foi seguido por outro e outro, ocorrendo assim a primeira despencada da história das bolsas. Os resultados foram cruéis e a tulipa acabou formando uma torrente de desesperados falidos pelo excesso de oferta.

Era o estouro da bolha especulativa…

O pânico se instalou, veio uma crise seguida de uma depressão econômica.

Recentemente tivemos um exemplo bem claro no mercado de Ações da Bovespa, atual B3, onde a empresa Mundial, com o código de negociação MNDL3 valorizou-se absurdamente e caiu repentinamente, observe o gráfico.

Gráfico MNDL  julho 2010 / julho 2012

 

Fonte: Broacast

Observe a velocidade do movimento de alta, que chegou mais adiante a R$ 956,00, porem assim que a bolha estourou os preços voltaram a ser negociados a menos de R$ 50,00, formando um movimento igual ao gráfico do quadro da bolha das tulipas. Estes valores são atualizados devido a desdobramentos na ação. Na época dos fatos a ação saiu de R$ 0,20 centavos para R$ 5,20 e depois retornou aos mesmos centavos. Quando este preço alcançou 3,10, enviei e-mail para alguns amigos alertando e comparando o gráfico com o gráfico da bolha das tulipas. Por consequência ouvi piadas, pois ela chegou a R$ 5,20 antes de cair. Hoje vemos um movimento semelhante nas criptomoedas. Aos possíveis futuros investidores há um recado que podemos deixar:

Quando você acreditar que o mercado está irracional simplesmente o evite, pois movimentos bruscos podem surgir.

O mercado pode se manter mais tempo irracional do que você solvente (com dinheiro em conta).

 

Fonte – Site amazon.com

Saiba mais sobre contratos futuros na Bolsa B3:

Soja, Café Arábica, Boi GordoMilho, Dólar e Índice.

Conheça simuladores de mercado. 

Simuladores

Baixe grátis nossos E-books:

Aproveite e aprenda mais sobre Contratos Futuros e Análise Gráfica e Técnica.

Aprenda através de vídeo em nosso novo Canal no Youtube.


 

Compartilhe:



Comente no Facebook:

Desenvolvido por Investing.com

Livro

Mercados Futuros

Como vencer operando futuros

Adquira aqui seu exemplar
Acompanhe

Cotações Internacionais

100% gratuitas, veja agora

Facebook Notícias Agrícolas

Dúvidas sobre Mercados Futuros:

contato@operefuturos.com.br

Quer anunciar neste site? Entre em contato:

Publicidade Popular - (51)4042.9919 ou gabriel@m5agenciadigital.com.br