Mercados Futuros 9 de agosto de 2018, 10:35h

Conab: Estimativa da produção de grãos é de 228,6 milhões de toneladas

O 11º Levantamento da Safra de Grãos 2017/2018, divulgado nesta quinta-feira (9), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), confirma que, com a colheita da segunda safra avançada e da terceira safra iniciando-se, além da finalização do plantio das culturas de inverno, a estimativa de produção é de 228,6 milhões de toneladas. Isso representa 50,7 mil t a mais que no levantamento passado, divulgado em julho, e mantém esta safra como a segunda maior da série histórica.

A soja e o milho, que possuem os maiores volumes de produção do país, devem ter produção de 119 e 82,2 milhões de toneladas, respectivamente. Do total da produção de milho, 26,8 milhões de t deverão ser colhidas na primeira safra e 55,4 milhões de t na segunda safra. Destaca-se, também, para a safra atual, a estimativa de aumento da produção de algodão em pluma, estimada em 1,98 milhão de t, o que representa um aumento de 29,4% em relação à safra passada e do feijão segunda safra, estimada em 1,27 milhão de t, com uma elevação de 5,6%.

Área – A área semeada está estimada em 61,7 milhões de hectares e confirma mais uma vez a maior área semeada no país. O incremento estimado é de 1,3% ou 819,7 mil hectares em relação à safra passada. O incremento só não foi maior devido à redução na área do milho primeira e segunda safras. Em relação à safra anterior, a área do milho primeira safra reduziu de 5,5 para 5,1 milhões de hectares e a área de segunda safra reduziu de 12,1 para 11,6 milhões de hectares em razão, principalmente, da expectativa futura de mercado.

Em contrapartida, a soja teve um expressivo aumento da área semeada, saindo de 33,9 para 35,2 milhões de hectares na safra atual, um ganho absoluto de 1,24 milhão de hectares, o maior entre todas as culturas avaliadas.
Outras culturas também tiveram ganho absoluto de área nessa safra, tais como o algodão, que alcançou 1,18 milhão de hectares (ganho de 237 mil hectares) e do feijão segunda safra, que atingiu 1,53 milhão de hectares (aumento de 106,2 mil hectares), impulsionado pelo feijão caupi, que deve ter 160,8 mil hectares a mais na atual safra, atingindo 1 milhão de hectares.

Confira aqui o boletim.

Conab corta estimativa de 2ª safra de milho do Brasil para 55,35 mi t

LOGO REUTERS

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) cortou nesta quinta-feira sua projeção para a segunda safra de milho 2017/18 do Brasil, em colheita, para 55,35 milhões de toneladas, sobre 56 milhões anteriormente.

A redução na estimativa ocorre após forte estiagem durante a fase de desenvolvimento das lavouras.

Já a safra de soja 2017/18 foi estimada agora pela Conab em 118,98 milhões de toneladas, levemente acima das 118,88 milhões de toneladas considerados na estimativa de julho.

(Por José Roberto Gomes)

Leia mais em Notícias Agrícolas

Fonte: Conab + Reuters

Compartilhe:



Comente no Facebook:

Desenvolvido por Investing.com

Livro

Mercados Futuros

Como vencer operando futuros

Adquira aqui seu exemplar
Acompanhe

Cotações Internacionais

100% gratuitas, veja agora

Facebook Notícias Agrícolas

Dúvidas sobre Mercados Futuros:

contato@operefuturos.com.br

Quer anunciar neste site? Entre em contato:

Publicidade Popular - (51)4042.9919 ou gabriel@m5agenciadigital.com.br